Exercícios para cães - riscos e benefícios

28/03/2011 22:45

     Atualmente tenho visto muitos cães correndo em parques e na rua com seus donos. A prática regular de exercícios pode trazer benefícios tanto para os donos quanto para os cães. Isso não é novidade, sendo comumente veiculados pelos meios de comunicação os benefícios da ativdade física. No entanto, é importante esclarecer que a atividade física feita sem uma orientação adequada pode trazer vários riscos e prejuízos à saúde geral.

    Um dos problemas do exercício nos animais homeotermos (de sangue quente) é a perda de calor corporal, que é feita nos seres humanos principalmente pela sudorese. Os cães possuem menos glândulas sudoríparas do que os seres humanos, sendo que a perda de calor corporal é um problema crítico nestes animais. Além disso, os cães sempre gostam de agradar seus donos e, mesmo estando cansados, tentam a todo custo acompanhar os donos em suas corridas.

    As possíveis consequências do excesso de esforço nestes animais incluem o desenvolvimento de artrose, luxações articulares, sobrecargas do sistema respiratório, cardiovascular e urinário. Na dúvida, o melhor é fazer atividades mais leves com os cães, como caminhadas controladas e brincadeiras intermitentes, ou seja, com período de descanso entre corridas (como brincar com o cão de bolinha ou disco, por exemplo). Sempre oferecer água para os animais e proporcionar períodos de descanso garantem os benefícios da atividade física para os cães.

    Animais mais velhos, obesos ou com problemas de saúde pré-existentes, devem passar por uma avaliação veterinária regular para que possam usufruir todos os benefícios do exercício. Desta forma certamente viverão mais tempo e com mais saúde com seus donos, sem esquecer que animais que se exercitam regularmente tendem a ser menos estressados.